Remunerar os profissionais de saúde de acordo com os resultados que proporcionam ao paciente, ao invés do número de atendimentos, é o que representa o termo "valor em saúde".

Desta forma o cuidado é embasado por meio de dados? Os prestadores precisam repassar métricas específicas, além de demonstrar melhorias nos tratamentos? E qual é a relação disso tudo com a experiência do usuário como um todo?

Confira na LIVE ABRAMGE, com apoio da BIOMM.

 

CONVIDADOS:

- Adriano Londres
Sócio Fundador da Arquitetos da Saúde

- Geórgia Antony Gomes de Matos
Coordenadora do Grupo de Trabalho de Indústrias sobre Saúde Suplementar do SESI.

- Luiz Celso Dias Lopes
Diretor Técnico Corporativo do Grupo NotreDame

- Marcos Paulo Novais
Superintendente Executivo da Abramge - Associação Brasileira de Planos de Saúde

 

Compartilhe este conteúdo:


Rua Treze de Maio, 1540 - Bela Vista - São Paulo - SP | CEP.: 01327-002 | Tel.: 11 3289-7511 / 11 4508-4799 / 11 4508-4774
© 2014 - Todos os direitos reservados

Para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse, nós utilizamos cookies e tecnologias semelhantes. Para navegação funcionar corretamente será necessário política de privacidade